Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Pesquisa e Desenvolvimento Agropecuário

Seções Sindicais

Filiado à CUT

Seção Sindical de Sete Lagoas - MG

Home Pesquisa em foco

Bayer adquire Monsanto por US$ 66 bi e cria líder global de agricultura

A companhia de produtos químicos e de saúde Bayer adquiriu a companhia de sementes norte-americana Monsanto com uma oferta de US$ 66 bilhões, terminando uma disputa de meses após aumentar sua oferta pela terceira vez.

O negócio de US$ 128 por ação, acima da oferta anterior da Bayer, de US$ 127,50 por ação, é o maior do ano até agora e a maior oferta em dinheiro já registrada.

O acordo criará uma empresa que dominará mais de um quarto do mercado mundial combinado para sementes e pesticidas em uma rápida consolidação da indústria de insumos agrícolas.

 

Compra ainda precisa ser autorizada

No entanto, os órgãos antitruste poderão examinar o negócio minuciosamente, e alguns dos próprios acionistas da Bayer têm sido altamente críticos sobre a aquisição, apontando riscos sobre o alto pagamento e uma possível negligência sobre o negócio farmacêutico da empresa.

A transação inclui o pagamento de uma multa de US$ 2 bilhões a ser paga pela Bayer à Monsanto caso não haja autorizações regulatórias. A Bayer espera que o acordo seja concluído até o fim de 2017.

Os detalhes confirmaram o que uma fonte próxima ao assunto disse à agência de notícias Reuters anteriormente.

A consultoria Bernstein Research afirmou nesta terça-feira que vê apenas uma chance de 50% do negócio conseguir autorizações regulatórias, embora tenham citado uma pesquisa entre com investidores que apontou a probabilidade de 70%, em média.

"Acreditamos que há políticas contrárias à realização desse negócio que vão desde a insatisfação de fazendeiros com todos os seus fornecedores consolidando em face de baixos rendimentos líquidos agrícolas à insatisfação com a Monsanto deixando os Estados Unidos, que poderia fornecer atrasos e complicações significativas", disseram em uma nota.

Fonte: Uol

11:27:01

2016-09-14

Última atualização (Qua, 14 de Setembro de 2016 14:40)

 
Empresa da família Maggi leva 70% do subsídio ao milho em programa do governo
25/07/2017

A Amaggi, empresa da família do ministro da Agricultura, Blairo Maggi, mostrou um apetite sem precedentes neste ano em leilões de Prêmio de Escoamento do Produto (PEP) para subvencionar o transp [ ... ]


Embrapa alcança posição de destaque em ranking mundial de produção científica
11/07/2017

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) atingiu o segundo lugar entre as instituições científicas governamentais brasileiras. Além disso, a entidade entrou para o ranking mundial  [ ... ]


Água e agronegócio: uma relação a ser mais bem examinada
20/06/2017

As cadeias produtivas da agricultura e das agroindústrias têm cada vez mais impactado os recursos naturais em nosso país. Recentemente a água tem se tornado objeto de atenção por conta de dif [ ... ]


Brasil tem um ativista ambiental assassinado por semana em média, mostram ONU e CIDH
11/06/2017

Especialistas da ONU e da Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) afirmaram, na última quinta-feira (8), que o Brasil tem o maior número de assassinatos deativistas defensores do meio am [ ... ]


Preocupante: Embrapa sofre fortes críticas em reportagem de capa da revista Globo Rural
05/06/2017

GLOBO RURAL AGRONEGÓCIOS A Embrapa na encruzilhada Destaque A empresa estatal, que hoje gasta 85% do seu orçamento com pessoal, estuda novos modelos para reduzir a burocracia e priorizar a ciênc [ ... ]


Dívida dos ruralistas será moeda de troca para aprovar reformas de Temer
07/05/2017

A CNTSS/CUT – Confederação Nacional dos Trabalhadores em Seguridade Social vem a público reafirmar sua defesa intransigente dos direitos dos trabalhadores brasileiros e da política pública d [ ... ]


Outros artigos: