Governo lança Programa de Combate às Moscas-das-frutas

Notícias

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento lançou ontem (9) o Programa Nacional de Combate às Moscas-das-frutas. O objetivo é erradicar quatro moscas que atacam os pomares brasileiros e apressar a erradicação de uma quinta praga, a mosca-da-carambola, atualmente restrita aos estados de Roraima e do Amapá. Atinge também o norte do Pará. Serão aplicados R$ 128 milhões com ajuda do setor privado.

O programa será apresentado aos produtores do Vale do Rio São Francisco, em Petrolina (PE), onde a ministra Kátia Abre vai falar sobre a importância de ações integradas de combate às moscas. Moscas-das-frutas são pragas que atacam a fruticultura e dão prejuízos diretos em torno de US$ 120 milhões por ano, entre perdas na produção, nos custos de controle, processamento e na comercialização.

A ministra disse que as moscas-das-frutas dão prejuízo também aos consumidores, que “poderiam pagar preços menos caros pelas frutas”. Segundo ela, sem as moscas, os donos de pomares podem aumentar a colheita de produtos de boa qualidade, vender mais e por um preço menor. Com isso, os brasileiros poderiam melhorar o nível de consumo, que é 54 quilos per capita por ano, abaixo da recomendação mundial, de 140 quilos/ano.


De acordo com o presidente da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Maurício Antonio Lopes, as moscas-das-frutas são as pragas mais relevantes da fruticultura nacional. Sem elas, o Brasil poderia exportar “bem mais” que os US$ 878 milhões atuais por ano. Existe grande potencial para vendas externas de algumas espécies como melão, melancia, manga, uva, goiaba, laranja e mamão, disse ele.

As entrevistas de Kátia Abreu e Maurício Lopes estão disponíveis no programa “A Voz do Brasil” . Para acessar, clique aqui.

Editor Beto Coura

Fonte: EBC

08:12:56

2015-09-09

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *